Meus Blogs Favoritos

sábado, 22 de agosto de 2009

Viajando!!!

"Minha cama hoje parecia um polvo, com seus tentáculos me agarrando e não me deixando sair. Em compensação, meu despertador parecia um galo, que insistia em cantar, avisando que raiava o dia e estava na hora de levantar. Que belo dilema!"

domingo, 31 de maio de 2009

Foto de Pescador!!

Tu sabe que uma boa pescaria revigora! Tu junta a parceria, passa frio, toma um trago, joga conversa fora e se diverte.... Até uma boa viola rola....







Neste caso, só faltou o peixe, mas que era uma pescaria, ah isso era!!!

sábado, 16 de maio de 2009

Recomeço!!!

Olá amigos, como estão?

Depois de muito tempo sem postar nem escrever nada neste BLOG, resolvi recomeçar...

Muitos me cobravam novidades e atualizações, outros me perguntavam se tinha desistido de escrever, mais o real motivo foi a falta de tempo, problema crônico que atinge grande parte da população...

Mas estou de volta e com muita vontade de botar a casa em ordem!

Inicio com uma foto mandada por Rodrigo Pepino, grande amigo de minha cidade natal - Mogi das Cruzes - especialmente remetida para o CRONICAS E COMENTÁRIOS.

Grande abraço a todos!


O INCRÍVEL HULK!!!

sábado, 25 de outubro de 2008

Lendas Orientais !!!

Vocês sabem por que usamos a aliança no quarto dedo?
Pois bem, existe uma lenda chinesa que consegue explicar de uma maneira bonita e muito convincente esta pergunta...
Os polegares representam teus pais. Os indicadores representam teus irmãos e amigos. O dedo médio representa a ti mesmo. O dedo anelar (quarto dedo) representa o teu cônjuge. O dedo mindinho representa teus filhos.
Agora junte tuas mãos palma com palma, depois, una os dedos médios de forma que fiquem apontando a ti mesmo, como na imagem....


Tente separar de forma paralela teus polegares (que representam teus pais) e vais notar que eles se separam porque teus pais não estão destinados a viver contigo ate o dia da tua morte, una os dedos novamente.

Tente agora separar igualmente os dedos indicadores (que representam teus irmãos e amigos) e vais notar que também se separam porque eles se vão e tem destinos diferentes, como se casar e ter filhos.

Tente separar da mesma forma os dedos mindinhos (que representam teus filhos) e notarás que estes também se abrem porque teus filhos crescem e quando já não precisam mais de nos, se vão, una os dedos novamente.

Finalmente, tente separar teus dedos anelares (o quarto dedo, que representa teu cônjuge) e vais se surpreender ao ver que simplesmente não consegues separá-los. Isso se deve ao fato de que um casal esta destinado a estar unido até o último dia da sua vida e é por isso que o anel é usado neste dedo.

Algo curioso e legal saber!

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Perguntinha Cretina !!!

Alguém aí tem notícia dos Nardoni ou no que deu todo aquele teatro?!?!

Coisas do Brasil !!!

É bem aquilo que dizem... a falsidade é uma coisa complicada !!! Vai aqui um conselho: NÃO CONFIE EM PESSOAS FALSAS (OU SERIAM ANIMAIS) !!!










quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Victor & Leo - 23/08/08

No último Sábado fomos ao show do Victor & Léo, Eu e Dê, Helton e Ana Rita, Vágner e Letícia, lá no Gigantinho (prá quem não é daqui, ginásio anexo ao estádio Gigante da Beira Rio, do Sport Club Internacional).





Pois bem, não sabe ainda de quem estou falando, não faz idéia de quem são as celebridades?



Trata-se de uma dupla sertaneja da chamada nova geração, que está fazendo o maior sucesso por ter muito talento e que com certeza embalará muitos romances e muitas decepções amorosas - caracteristica própria da música sertaneja - em todo o Brasil, além de emplacar outras músicas nas novelas da Globo, como aquela que toca na das oito quando aparecem os personagens Céu e Cassiano, interpretados por Deborah Secco e Thiago Rodrigues!!!

Lembrou né? Pois é, esta música caiu no gosto popular, tá na boca da galera amigo!!!


"...um dia seus pés, vão me levar, onde as minhas mãos, não podem chegar..."


Aliás, não só está, mas TODAS do disco gravado ao vivo em Uberlândia, o último da dupla, pelo menos foi o que se viu (ou melhor, se ouviu) em Porto Alegre naquela noite, com a turma toda cantando de cor e bem afinadinho às canções.




Nunca fui bom em cálculos, mas sou capaz de chutar em 10 mil prá mais o público no Gigantinho. Estava muito cheio, as arquibancadas tomadas pela multidão que fazia várias coreografias, olas e tudo aquilo que fazem as tietes (e OS tietes também), diga-se de passagem.


É verdade, e até óbvio, que a platéia tinha maioria feminina, mas parece, pelo que me contaram, que os homens só foram ao show pra acompanhar as namoradas, esposas, ficantes e congêneres... côsa estranha, não sei, de repente pode ser boato da turma né!




Mas voltando ao baile, valeu a pena. Os caras cantaram mais de hora e meia e voltaram pro bis. No dia anterior, sexta-feira, tocaram em minha cidade natal - Mogi das Cruzes - e segundo informações do mano que lá compareceu representando a família, estava lotado e foi também sensacional.





Fiquei sabendo também, de outra fonte não menos fidedigna que àquela primeira, que os caras continuaram a mini turnê pelo Sul e tocaram no Domingo em Petotas, o que foi comprovado posteriormente pelo site oficial dos cantores.



Uma coisa é certa, valeu muito o ingresso... se tiverem a oportunidade de assistir a um show da dupla, largue o preconceito bobo, ponha a bota e o chapéu, e vá, cante todas as músicas e seja feliz!!!

Prá quem mora em SP vale a dica, os caras cantarão na Festa do Peão de Barretos, só não sei com certeza o dia...

Na ida, fomos de táxi, para não se incomodar com o estacionamento, os flanelinhas e aquela função toda de se estacionar um carro. Acertamos em cheio, com certeza, não preciso nem falar, pois descemos em frente ao portão de acesso ao Gigantinho, enquanto aquela multidão se degladiava e discutia em busca de um espaço.

Na saída amigo, São Pedro resolveu se fazer presente e nos mostrou a que veio. Caiu o mundo bem naquela hora. Aí tu imagina né, a angústia que deu na galera e o "salve-se quem puder" que imperou naquele momento. Táxi era produto raro. Os poucos que passavam eram atacados ferozmente, como leões quando atacam suas presas. Os ônibus estavam todos lotados, com gente saindo pelo ladrão.

A solução? Esperar, ora! Embaixo de uma minúscula cobertura de garagem até que a chuva desse uma aliviada.

Eis que Ana Rita avista de longe uma lotação (micro-ônibus em SP) e corre para a mesma em busca de informações sobre o itinerário. Certos do destino, entramos todos no veículo e, pelas fotos abaixo, chegamos bem, muito bem, pois...












... conseguimos chegar no Cirillo.